Garcia: Seria uma descortesia se Bolsonaro desrespeitasse a lei do Equador

No quadro Liberdade de Opinião desta terça-feira (25), o jornalista comentou o uso da máscara pelo presidente durante a posse do novo presidente do país

Da CNN, em São Paulo
25 de maio de 2021 às 09:45

No quadro Liberdade de Opinião desta terça-feira (25), Alexandre Garcia comentou o uso da máscara pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) durante a posse do novo presidente do Equador, Guillermo Lasso. Todas as vezes em que apareceu em público, Bolsonaro estava usando máscara de proteção contra a Covid-19.

No Equador, todos andam com a proteção e quem "desobedece", pode pagar uma multa alta ou até mesmo ser preso. Antes de partir, ainda no aeroporto de Quito, Bolsonaro ficou sem o equipamento e chegou a dizer que estava dando um "mau exemplo".

“O presidente do Brasil foi a um país amigo e se ele desrespeitasse a lei de um país amigo seria uma grande descortesia. Agora, o lide da viagem é a união de dois presidentes sob a mesma ideologia. [...] Esse presidente foi eleito derrotando um candidato da esquerda que era apoiado pelo senhor Rafael Correa, ligado a Lula, Evo [Morales], [Nicolás] Maduro. Quanto ao uso da máscara, aqui em recintos abertos aquele chamado “uso racional”. Viva o uso da máscara, vamos nos proteger e vamos derrotar esse vírus que chegou tentando derrubar o país.”

O Liberdade de Opinião tem a participação de Sidney Rezende e Alexandre Garcia. O quadro vai ao ar diariamente na CNN.

Alexandre Garcia no quadro Liberdade de Opinião
Foto: CNN Brasil (25.mai.2021)

As opiniões expressas nesta publicação não refletem, necessariamente, o posicionamento da CNN ou seus funcionários.