Alexandre Garcia: André Mendonça preza a principal das virtudes, a humildade

No quadro Liberdade de Opinião desta quarta-feira (7), o jornalista avaliou a indicação de Mendonça para a vaga de Marco Aurélio Mello no STF

Da CNN, em São Paulo
07 de julho de 2021 às 09:34

No quadro Liberdade de Opinião desta quarta-feira (7), Alexandre Garcia avaliou a indicação de André Mendonça, da Advocacia-Geral da União (AGU), para a vaga de Marco Aurélio Mello no Supremo Tribunal Federal (STF) feita pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

“Ele é um técnico, em primeiro lugar. Deve ter sido escolhido por Bolsonaro pela confiança. O André Mendonça é pastor presbiteriano e, na conversa que tive com ele, a impressão que tive é de que ele é um homem de valores e de tradição. Então, [foi escolhido] também por isso, para dar um equilíbrio nas questões familiares, morais e de costumes que muitas vezes batem no Supremo. Devem ter sido esses os motivos”, opinou o jornalista.

“Ele é pastor presbiteriano por formação. Ele preza a principal das virtudes que é a humildade. Por isso, duvido que vá dar entrevistas toda hora, que irá a coquetéis e festas que não sejam solenidades oficiais.”

O Liberdade de Opinião tem a participação de Sidney Rezende e Alexandre Garcia. O quadro vai ao ar diariamente na CNN.

Alexandre Garcia no quadro Liberdade de Opinião
Foto: CNN Brasil (07.jul.2021)

As opiniões expressas nesta publicação não refletem, necessariamente, o posicionamento da CNN ou seus funcionários.