Coronel da reserva é novo presidente da Funarte

Luciano da Silva Barbora Querido, seu antecessor, foi exonerado do cargo na mesma portaria

Marquise projetada por Oscar Niemeyer na sede da Funarte em Brasília
Marquise projetada por Oscar Niemeyer na sede da Funarte em Brasília Foto: Funarte/Lívio Avelino

Julyanne Jucá, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O governo federal oficializou a troca da presidência da Fundação Nacional de Artes (Funarte) nesta segunda-feira (04). Lamartine Barbosa Holanda teve sua nomeação publicada no Diário Oficial da União e assinada pelo ministro da Casa Civil, Walter Braga Netto.

Lamartine Barbosa Holanda é coronel da reserva. Atuou no 26° Batalhão de Infantaria Paraquedista do Exército Brasileiro. Este é mais um militar nomeado no governo federal e a sexta troca na presidência da Funarte desde o início do mandato do Presidente da República, Jair Bolsonaro.

Leia mais:
Ex-assessor de Carlos Bolsonaro é nomeado presidente da Funarte

Luciano da Silva Barbora Querido, seu antecessor, foi exonerado do cargo na mesma portaria. Ex-assessor de Carlos Bolsonaro na Câmara dos Vereadores, entre os anos de 2002 e 2017, ele foi efetivado presidente do cargo em julho. Antes, exercia o cargo de diretor-executivo da Fundação. 

Mais Recentes da CNN