Brasil tem 433 casos suspeitos e dois confirmados do novo coronavírus


02 de março de 2020 às 17:25 | Atualizado 02 de março de 2020 às 17:37
Turistas em aeroporto com máscaras

Até o momento, dois pacientes tiveram diagnóstico confirmado no Brasil para o COVID-19

Crédito: Pilar Olivares / Reuters

O Ministério da Saúde confirmou nesta segunda-feira (2) que o Brasil tem um total de dois casos confirmados do novo coronavírus e 433 suspeitos. Foi a primeira atualização dos números da doença desde a confirmação de um segundo caso no país, contraído por um homem de 32 anos de São Paulo, que realizou viagem a Milão na última quinta-feira (27).

Durante a coletiva, o ministério anunciou também a produção de 30 mil testes para o COVID-19 pela Fundação Oswaldo Cruz e distribuídos estrategicamente nos estados com maior números de suspeitos da doença. Os primeiros estados a receber a leva são:

Norte: Amazonas, Pará, Roraima

Nordeste: Bahia, Ceará, Pernambuco e Sergipe

Sudeste: Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais

Centro-Oeste: Distrio Federal e Mato Grosso do Sul

Sul: Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul

Para além dos testes, o ministério espera capacitar todos os estados da federação para realizar os testes em até duas semanas.

Outro ponto abordado na coletiva foi a necessidade do brasileiro manter a calma em relação ao novo coronavírus, ressaltando que a doença é apenas uma variação de um vírus já corrente no Brasil, e que aqueles que não apresentam sintomas não precisam de medidas restritivas.

“As pessoas que não têm sintomas não precisam de nenhuma medida restritiva, apenas prestar atenção”, explicou o secretário de Vigilância em Saúde do ministério, Wanderson Kleber Oliviera.

No mundo, já são quase 90 mil casos confirmados do COVID-19, segundo a OMS. Dentre os 69 países com pacientes da doença, o Brasil é um dos com menos ocorrências. Mais de 90% estão na China (80.174 casos), seguida por Coreia do Sul (4.212 casos) e Itália (1.689 casos).