Coronavírus: Igreja Católica recomenda que fiéis evitem contato físico


02 de Março de 2020 às 11:53 | Atualizado 02 de Março de 2020 às 14:51
Fiéis durante missa em uma Igreja Católica

Fiéis durante missa em uma Igreja Católica

Crédito: Tânia Rêgo/ Agência Brasil

A confirmação de duas vítimas de coronavírus no Brasil, e os mais de 250 casos suspeitos, até a manhã desta segunda-feira, 2, dispararam um alerta entre igrejas e templos religiosos. Em nota divulgada pela Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a Pastoral da Saúde recomendou que os fiéis evitem contato físico durante as celebrações religiosas, a fim de minimizar o risco de contágio da doença. 

Com a medida, alguns ritos tradicionais, realizados durante as missas, foram alterados. A hóstia deve passar a ser entregue na mão e não mais diretamente na boca do fiel. Na hora do Pai Nosso, recomenda-se que as pessoas não deem as mãos e que não se abracem no momento dos votos da Paz de Cristo.

Em algumas paróquias, como no Rio de Janeiro e Bahia, foi disponibilizado álcool em gel para que não só os fiéis, como os celebrantes também higienizem as mãos. As medidas valem por tempo indeterminado.