Coronavírus faz Latam suspender voos para Itália


02 de março de 2020 às 16:28 | Atualizado 02 de março de 2020 às 16:59
Pessoas usando máscaras de proteção para se protegerem do coronavírus

Pessoas usando máscaras de proteção em Wuhan, na China (28.fev.2020)

Crédito: Reuters

A Latam suspendeu, na tarde desta segunda-feira, (02/03), suas operações entre São Paulo e Milão. A decisão foi tomada em razão da proliferação do novo coronavírus no mundo. A Itália é um dos focos de propagação da doença.

Em comunicado, a empresa informa que a suspensão valerá a partir desta segunda até o dia 16 de março. A Latam opera sete voos semanais para a cidade italiana.

"Estamos observando o cenário desta contingência de saúde pública mundial e a decisão da companhia é baseada, em primeiro lugar, na propagação do vírus na Itália, assim como na queda atual na demanda da rota”, afirma, em nota.

No Brasil, a Latam é a única empresa aérea que suspendeu alguma rota. Gol e Avianca anunciaram que seguem suas atividades normalmente.

A Azul também fez algumas alterações, mas não chegou a paralisar nenhum trajeto — a companhia vai oferecer reembolso integral para clientes com conexão em Lisboa ou Porto e que tenha a Itália como destino ou origem.

A Alitalia afirmou em nota que seguirá operando normalmente seus voos de São Paulo a Roma. A companhia aérea italiana, diferentemente da Latam, não possui trechos diretos para Milão.