Brasil aguarda contraprova de possível 9º caso de coronavírus


Da CNN Brasil, em São Paulo
06 de março de 2020 às 06:43
Brasileiros desembarcam com máscaras no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no RJ

Viajantes desembarcam com máscaras no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro (05.mar.2020)

Crédito: Pilar Olivares/Reuters

Uma mulher de 52 anos teve diagnóstico positivo para o novo coronavírus e pode ser o 9º caso  confirmado da deonça no Brasil. Autoridades de Saúde brasileiras aguardam o exame de contraprova. Se for confirmado, este será o primeiro caso da doença no Distrito Federal.

A brasileira esteve no Reino Unido e na Suíça recentemente. Ela passou a apresentar sintomas como febre, tosse e secreções no dia 26 de fevereiro. Sete dias depois, se dirigiu a um pronto-socorro particular e, em seguida, foi transferida ao Hospital Regional da Asa Norte (Hran). 

Segundo o infectologista da Secretaria de Saúde do DF, Eduardo Hage, "a pasta deu início ao protocolo de busca de pessoas com quem a paciente teve contato com ela, seja durante a viagem, seja na chegada ao país.” Ele afirmou que ela teve contato direto com dois parentes, que foram aconselhados a ficar em isolamento domiciliar. 

“A lista dos passageiros que compartilharam os voos foi solicitada à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)”, disse Hage.

O Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, está analisando novas amostras da doença. O país registra, até o momento, oito casos confirmados da COVID-19 e 636 suspeitos.