Em apenas 24 horas, China registra 30 novas mortes por coronavírus


06 de março de 2020 às 10:05
Mulher com máscara de proteção em Pequim

Mulher com máscara de proteção em Pequim; apesar de novos casos, governo chinês está otimista com relação à situação do país (03.mar.2020)

Crédito: Thomas Peter/Reuters

A China registrou 30 novas mortes pelo novo coronavírus em apenas 24 horas, de quinta para esta sexta-feira (7). O país tem mais de 80 mil casos confirmados do COVID-19 e cerca de 3,2 mil mortos. 

A cidade de Wuhan, epicentro da doença, teve 126 novos casos confirmados na quinta-feira, informou a Comissão Nacional de Saúde. 

Autoridades de saúde de Xangai disseram que a cidade registrou três novos casos. Todos eles são cidadãos chineses que estudaram no Irã, de acordo com a imprensa estatal. 

Os três foram transferidos para unidades de quarentena em Xangai no dia 3 de março, disse uma porta-voz da Comissão de Saúde da cidade, durante coletiva de imprensa.

Governo otimista

Apesar dos novos casos em Wuhan, o governo chinês está otimista com relação à situação do país e decidiu fechar o segundo hospital improvisado que levantou na cidade, informou a rádio estatal.

“Enquanto a situação em Wuhan e Hubei melhora, as autoridades, com aprovações, farão ajustes oportunos conforme determina a Lei de Doenças Infecciosas da China e as regulamentações de emergência de saúde pública”, afirmou Ding Xiangyang, vice-secretário-geral do Conselho Estadual, em coletiva.

Autoridades de Pequim, Xangai e Guangdong decidiram colocar em quarentena todos os cidadãos que viajaram aos mais países mais atingidos pelo novo coronavírus, na visão do governo chinês - Coreia do Sul, Japão, Irã e Itália.