Os principais eventos cancelados por conta do coronavírus


Anna Satie Da CNN Brasil, em São Paulo
09 de março de 2020 às 21:55 | Atualizado 14 de março de 2020 às 16:35
Torcedores do lado de fora do jogo Borussia e PSG

Os portões fechados para o jogo do Paris Saint-Germain e Borussia Dortmund não impediram que os torcedores se aglomerassem do lado de fora

Foto: Reuters

O surto do novo coronavírus tem gerado uma onda de reações em todo o mundo. Até a tarde desta segunda-feira (9), a OMS (Organização Mundial de Saúde) confirmou mais de 110 mil casos, espalhados por 105 países e territórios. 

Para conter a transmissão do COVID-19, países têm tomado medidas drásticas, como a imposição de quarentena a um quarto da população na Itália e a liberação de 70 mil detentos no Irã.

Eventos esportivos e culturais na Europa e na Ásia também foram impactados pelo surto da doença. Do cancelamento do festival SXSW, nos Estados Unidos, a jogos de futebol em estádios vazios na França, veja os principais eventos afetados pelo coronavírus.

Esportes

 
rquibancada vazia em jogo do Juventus contra Inter de Milão

Arquibancada vazia em jogo do Juventus contra Inter de Milão na Serie A italiana, realizado à portas fechadas por conta do coronavírus (8.mar.2020)

Foto: Massimo Pinca/Reuters

Futebol
Todos os jogos da Champions League, principal liga europeia, foram adiados indeterminadamente. O mesmo aconteceu com os jogos dos campeonatos italiano, francês e alemão.

A Premier League inglesa foi suspensa até 3 de abril após o técnico do Arsenal, Mikel Arteta, e o jogador do Chelsea, Callum Hudson-Odoi, serem testarem positivo para o novo vírus.

No Brasil, os torneios regionais continuam—mas alguns serão realizados com portões fechados, principalmente nas regiões sul e sudeste.

Olimpíada

A cerimônia de acendimento da chama olímpica foi realizada a portões fechados e o revezamento da tocha foi suspenso nesta sexta (13) após uma multidão aparecer para assistir a tradição.

O Comitê olímpico ainda não se manifestou sobre possíveis alterações nos Jogos de Tóquio, previstos para começar em 24 de julho.

Fórmula 1

A temporada do principal prêmio do automobilismo começaria neste domingo (15), com o Grande Prêmio da Austrália. No entanto, a corrida foi cancelada após um funcionário da McLaren ser diagnosticado com o COVID-19. A decisão aconteceu duas horas antes do primeiro treino acontecer, na quinta (12), com centenas de fãs aguardando para entrar no autódromo.

Anteriormente, o Grande Prêmio da China, do Bahrein e do Vietnã já haviam sido adiados. Ainda não há previsão de data alternativa.

Basquete

Os jogos das principais ligas americanas de basquete foram canceladas, incluindo a NBA, após dois atletas do Utah Jazz testarem positivo para o novo coronavírus. Na quinta (12), o comissário da associação, Adam Silver, disse que a suspensão duraria pelo menos trinta dias.

A Euroleague, principal torneio europeu do esporte, também postergou seus jogos até ao menos 11 de abril.

Tênis

A ATP (Associação de Tenistas Profissionais) postergou todos os jogos por ao menos seis semanas, até 27 de abril. Antes, o aberto de Miami e de Indian Wells já haviam sido cancelados.

Shows

O grupo de k-pop, BTS

O grupo de k-pop BTS

Foto: Reprodução - 16.ago.2018/Instagram

Lollapalooza

Um dos maiores festivais de música da América Latina, foi adiado no Brasil, Argentina e Chile.  A organização do evento já reagendou o festival para o segundo semestre deste ano e confirmou que os principais artistas que viriam para o evento —Guns N'Roses, The Strokes e Travis Scott —estarão presentes nas novas datas.

BTS

O fenômeno do k-pop cancelou a perna da turnê Map of the Soul na capital da Coreia do Sul, Seul, que aconteceria no mês de abril. Datas da próxima parada da tour, na Califórnia, não sofreram alteração.

Green Day

A banda de punk rock cancelou diversos shows na Ásia, que aconteceriam em Singapura, Taiwan, Tailândia, Filipinas, Hong Kong, Coreia do Sul e Japão. O Green Day ainda não anunciou o planejamento da próxima parte da turnê, que seria na Europa.  

Avril Lavigne

A cantora cancelou datas na China, Japão, Filipinas, Taiwan e Hong Kong. No anúncio que publicou no Instagram, Avril pede aos fãs que se cuidem. "Por favor, cuidem-se e fiquem saudáveis. Vocês estão em meus pensamentos e orações e esperamos anunciar novas datas em breve", escreveu.

Madonna

A artista cancelou duas apresentações em Paris, marcadas para os dias 10 e 11 de março. A restrição do governo francês de aglomerações de mais de mil pessoas inviabilizou a realização do show.

Pearl Jam

A banda adiou as datas da turnê que faria pelos Estados Unidos e Canadá e, pelo Twitter, criticou a maneira com que as autoridades locais têm lidado com a pandemia. "Não houve mensagem clara do nosso govero em relação à segurança da população e a possibilidade de continuar trabalhando. Sem exemplo do departamento nacional de saúde, não temos razão para acreditar que [o vírus] estará sob controle dentro das próximas semanas". 

Festivais e conferências

Funcionário usa máscara perto de onde a Mobile World Center seria realizada

Funcionário usa máscara perto de onde a Mobile World Center seria realizada em Barcelona

Foto: Nacho Doce - 13.fev.2020/Reuters

Mobile World Congress

A maior conferência de smartphones do mundo estava prevista para ocorrer entre 24 e 27 de fevereiro deste ano em Barcelona, na Espanha. No entanto, os organizadores disseram que o surto de coronavírus tornou a realização "impossível". Várias fabricantes, como LG, Sony e ZTE já haviam suspendido suas participações.

SXSW

Realizado em Austin, no estado americano do Texas, é a primeira vez que o evento que une música, tecnologia e cinema é cancelado em seus 34 anos de existência. A prefeitura da cidade julgou que seria inseguro realizar o festival, que recebe visitantes do mundo todo. Antes, empresas como Twitter, Facebook, TikTok e Amazon Studios já haviam cancelado suas participações no evento por medo de contágio. 

Conferência F8, do Facebook

A conferência do Facebook para desenvolvedores, que aconteceria na cidade de San Jose, na Califórnia, foi suspensa. Anteriormente, a empresa já havia cancelado outro evento, o encontro global de marketing, também por conta do coronavírus.

Game Developers Conference

Uma das referências para profissionais da indústria dos videogames, a conferência de São Francisco foi cancelada após empresas como EA, Microsoft e Sony desistirem de participar, em meio à preocupação causada pelo coronavírus. Há planos de marcar uma nova data para o evento ainda este ano.

Cinema

A atriz Liu Yifei em cena de Mulan

A atriz Liu Yifei em cena de Mulan (2020)

Foto: Disney/Divulgação

Disney

A gravação de todos os filmes em live action da gigante da indústria foi suspensa. Uma das estreias mais esperadas do ano, a versão live action de Mulan, foi adiada por tempo indeterminado em todo o mundo.

Anteriormente, o lançamento já havia sido postergado nos cinemas chineses.

Velozes e Furiosos 9

Previsto para estrear em maio, o filme foi adiado por um ano. A Universal Studios, produtora do longa, acreditou que não seria oportuno promover o lançamento com tantos cinemas fechados globalmente.

A produção publicou o anúncio nas redes sociais. "Sabemos que é decepcionante ter que esperar mais um pouco, mas essa atitude foi tomada com a segurança de todos como nossa maior preocupação", escreveu.

007: Sem Tempo para Morrer

Previsto para estrear em abril, o novo filme do 007 foi adiado para novembro após "consideração cuidadosa do mercado audiovisual global", disseram os produtores. Muitos cinemas estão fechados na China, na Coreia do Sul e na Itália, o que poderia afetar a rentabilidade do lançamento. 

Missão Impossível 7

Previstas para acontecerem em Veneza, na Itália, as filmagens do novo filme da franquia foram interrompidas. A Itália é o segundo país mais afetado pelo coronavírus, atrás somente da China. 

Premiações

A Framboesa de Ouro, tradicional evento de Los Angeles que premia os piores filmes do ano, foi cancelada após a ordem local de fechamento a todos os estabelecimentos que pudessem reunir mais de 50 pessoas.

Antes, o IIFA, considerado o Oscar de Bollywood, já havia sido adiado indeterminadamente para "preservar a saúde e segurança dos fãs e da comunidade", de acordo com a organização.