Vacina contra coronavírus está pronta para testes, diz empresa


14 de março de 2020 às 15:27
Homem usa em meio ao risco de coronavírus em estação de metrô na Itália

Homem usa máscara em meio ao risco de coronavírus em estação de metrô de Milão, na Itália (25.fev.2020)

Crédito: Flavio Lo Scalzo/REUTERS

A Moderna, empresa de biotecnologia norte-americana, informou que submeteu uma vacina experimental contra o novo coronavírus para aprovação das autoridades do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas (NIAID, na sigla em inglês) nos Estados Unidos. 

A previsão é que a vacina, nomeada mRNA-1273, comece a ser testada em seres humanos no prazo de até seis semanas, ou seja, no início de abril.

Inicialmente, ela deve ser aplicada em um grupo de 25 voluntários. Para chegar ao público em geral, o processo completo de testes e aprovação deve durar cerca de um ano. 

Outra alternativa

Um medicamento desenvolvido pela farmacêutica Gilead Sciences já está passando por testes em humanos em Pequim, na China.

Diferente da solução proposta pela empresa norte-americana, trata-se uma pílula antiviral que promete combater o vírus.