Mortes por coronavírus chegam a 18 no Rio de Janeiro

Jairo Nascimento Da CNN, no Rio
30 de março de 2020 às 17:21 | Atualizado 30 de março de 2020 às 17:25
Estátua de areia do Cristo Redentor em praia do Rio
Foto: ALESSANDRO BUZAS/FUTURA PRESS/ESTADÃO

Dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES) mostram aumento no número de óbitos pela COVID-19 no estado do Rio de Janeiro. O boletim desta segunda-feira (30) revela 18 mortes e 657 casos confirmados da doença.


A última vítima registrada foi uma mulher, de 32 anos e residente da cidade de Rio Bonito, no interior do estado. De acordo com os dados da SES, foi a pessoa mais jovem que morreu pela COVID-19 no Rio de Janeiro. A secretaria informou que está avaliando se havia informações sobre comorbidades. De acordo com o protocolo da Organização Mundial da Saúde, idoso e pessoas com doenças associadas como diabetes, hipertensão, asma ou bronquite tem maior risco, ao contrair a doença, de evoluir para o estágio grave.

Outras 48 mortes estão sendo investigadas. No total, foram 11 homens e 7 mulheres com idades variadas. Além de Rio Bonito, as demais mortes foram registradas na capital fluminense com 13 casos e Niterói, Petrópolis, Volta Redonda e Miguel Pereira, cada cidade com um registro.