Pacientes com Covid-19 terão auxílio de R$ 500 se forem para abrigos em Salvador

Pagamento será dividido entre prefeitura e estado para pessoas que aceitarem isolamento voluntário de 14 dias em abrigos públicos

Da CNN, em São Paulo
09 de maio de 2020 às 11:26 | Atualizado 09 de maio de 2020 às 11:34
A prefeitura de Salvador e o governo da Bahia anunciaram nesta semana um auxílio de R$ 500 para pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 que queiram ficar isolados por 14 dias em abrigos públicos. A medida é uma nova tentativa de minar a propagação do novo coronavírus no estado. 

Em live nas redes sociais, o prefeito ACM Neto (DEM) e o governador Rui Costa (PT) anunciaram o auxílio, que será pago em conjunto entre muncípio e estado. Costa disse que percebeu uma baixa procura para o isolamento nos abrigos, que foram criados para evitar a circulação do novo coronavírus por pacientes com a doença que não precisam de internação.

Assista e leia também:

Governador da Bahia sanciona uso obrigatório de máscaras no estado

Rui Costa diz que Bahia não terá festa junina e estende suspensão de aulas

Dessa forma, só podem ir para os abrigos públicos pessoas de baixa renda ou moradoras de comunidades com diagonóstico positivo para a Covid-19 e que apresentem sintomas leves da doença. O auxílio será pago a esses pacientes isolados em dois momentos: no sétimo e 14º dias de internação. A família deles também receberá duas cestas básicas.