Paciente de Covid-19 morre no Acre após blecaute causado por animal


Reuters
22 de maio de 2020 às 15:51 | Atualizado 22 de maio de 2020 às 16:00
Profissional da saúde cuida de paciente da Covid-19 em UPA de Rio Branco

Profissional da saúde cuida de paciente da Covid-19 em UPA de Rio Branco, no Acre

Foto: Odair Leal/Secom AC (22.mai.2020)

Uma paciente em tratamento contra a Covid-19 morreu em Rio Branco, no Acre, depois de uma UTI ter ficado sem energia na noite desta quinta-feira (21), devido a um blecaute causado por um animal que atingiu uma linha de transmissão, informou o governo estadual.

A queda de energia interrompeu o fornecimento no Instituto de Traumatologia e Ortopedia do Acre, onde funcionam 24 leitos de UTI para pessoas infectadas por Covid-19, segundo nota da Secretaria de Saúde do estado.

Após o blecaute, uma placa de automação que acionaria um gerador de energia na unidade hospitalar não funcionou adequadamente e a bateria de alguns aparelhos mecânicos de ventilação utilizados para manter pacientes estabilizados se esgotou, o que obrigou o uso de ventilação manual.

"Foi durante um desses procedimentos que uma paciente, já bastante debilitada, veio a óbito", disse o governo estadual em nota, ressaltando que não houve interrupção no fornecimento de oxigênio e outros gases medicinais porque o sistema tem cilindros reservas.

A distribuidora de eletricidade Energisa, responsável pelo suprimento local, adotou procedimento especial após o incidente, isolando parte do fornecimento a uma determinada área da cidade para restabelecê-la à unidade hospitalar até que o animal fosse removido da rede de transmissão, acrescentou o governo.

O incidente ocorreu em momento em que o Brasil registra um recorde de novos casos e mortes pela doença, com 1.188 vítimas confirmadas apenas na quinta-feira.

O Acre é o 19° estado brasileiro em número de infectados, com 3,1 mil registros de Covid-19 e 78 mortes verificadas até o momento, de acordo com dados do Ministério da Saúde.