Bolsonaro decide hoje sobre parceria para produção de vacina contra coronavírus 

Vacina é uma das que está em estágio de desenvolvimento mais avançado e foi a primeira a iniciar os estudos clínicos de fase 3

Basília Rodrigues
Por Basília Rodrigues, CNN  
24 de junho de 2020 às 10:00
O presidente Jair Bolsonaro em cerimônia no Palácio do Planalto
Foto: Isac Nóbrega/PR (17.jun.2020)

O presidente Jair Bolsonaro decide hoje sobre a assinatura de uma parceria com a Universidade de Oxford para produção de vacina contra a Covid-19. A proposta será apresentada a ele pela Casa Civil, que analisa o assunto com a área técnica do Ministério da Saúde e outras pastas. 

Leia também:
Diretor do Instituto Butantan diz estar otimista com vacina até fim do ano 
Voluntários brasileiros começam exames para receber testes de vacina de Oxford

A vacina é uma das que está em estágio de desenvolvimento mais avançado e foi a primeira a iniciar os estudos clínicos de fase 3 - última etapa antes de sua aprovação.

Com a expectativa de obter uma vacina contra o vírus, o governo também quer reafirmar o objetivo de retomada do crescimento no pós-pandemia, o que vem sendo chamado de "caminho da prosperidade",
por governistas. 

Caberá ao ministro Paulo Guedes fazer uma apresentação sobre a situação econômica-financeira. A ideia é mostrar o esforço que está sendo feito pelo governo desde o início da pandemia.

O governo estima que conseguiu movimentar R$ 1 trilhão na economia com as medidas adotadas até aqui de liberação de recursos ou empréstimos, que totalizam R$ 400 bilhões, de acordo com dados da equipe de governo. Nisso, estão incluídos o benefício do auxílio emergencial e o apoio a Estados e Municípios, por exemplo.

"A reunião é para esclarecer e em especial comprometer todos os ministros com esse esforço. Todos têm de ceder em prol de um objetivo maior e de sinergia de esforços", afirmou um interlocutor do Planalto.