Bahia é o quinto estado brasileiro a registrar mais de 100 mil casos de Covid-19

A taxa de ocupação de leitos na Bahia é de 81%. No entanto, a taxa chega perto de 100% no sul (92%) e no extremo sul do estado (96%)

Giovanna Bronze, da CNN em São Paulo
10 de julho de 2020 às 19:29 | Atualizado 10 de julho de 2020 às 19:30
Placa indica entrada do hospital de campanha para Covid-19 montado no estádio da Fonte Nova, em Salvador
Foto: Divulgação/Governo da Bahia

A Bahia contabilizou 101.186 casos confirmados de Covid-19 nesta sexta-feira (10), tornando-se o quinto estado brasileiro a registrar mais de 100 mil casos da doença.

O primeiro foi São Paulo, que registrou 101.556 em 29 de maio, seguido pelo Rio de Janeiro, com 100.869 em 23 de junho; pelo Ceará, com 102.126 casos confirmados em 25 de junho; e pelo Pará, que atingiu 100.443 em 27 de junho.

Leia também:

Governador da Bahia decreta toque de recolher em 11 cidades metropolitanas

Brasil ultrapassa marca de 70 mil mortes por Covid-19

A Bahia também registrou um total de 2.383 mortes pelo novo coronavírus e 71.926 pessoas recuperadas, sendo assim o oitavo estado com maior número de mortes pela Covid-19.

A taxa de ocupação de leitos do estado é de 81%. No entanto, a taxa chega perto de 100% no sul (92%) e no extremo sul do estado (96%).

Dos casos confirmados, 42,90% foram registrados em Salvador, enquanto os municípios com as maiores taxas a cada 100 mil habitantes são Gandu (2.419,53), Itajuípe (2.283,93), Ipiaú (1.868,20), Lauro de Freitas (1.590,41) e Itabuna (1.552,37).