Brasil registra mais 35 mil casos e 1.075 mortes por Covid-19


Anna Satie, da CNN em São Paulo
09 de setembro de 2020 às 18:29 | Atualizado 09 de setembro de 2020 às 18:30
 teste para detecção da Covid-19 em sistema de drive-thru no DF

Profissional faz teste para detecção da Covid-19 em sistema de drive-thru em Águas Claras, no Distrito Federal 

Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado (22.abr.2020)

O Ministério da Saúde registrou nesta quarta-feira (9) mais 35.816 casos e 1.075 mortes por Covid-19. Ao todo, o país contabiliza 4.197.889 diagnósticos e 128.539 vítimas fatais da doença causada pelo novo coronavírus. 

Os dados do Ministério da Saúde incluem as confirmações feitas desde a tarde do dia anterior, independentemente do dia em que tenham acontecido. Há análises que levam dias ou semanas para serem concluídas.

Leia também:

Voluntário da vacina de Oxford diz estar surpreso com suspensão por reação grave

Bahia anuncia acordo para testar vacina russa contra Covid-19

São Paulo segue como o estado com a maior incidência do vírus, com 866.576 casos e 31.821 mortes. Em seguida, aparecem Bahia (275.088 casos e 5.774 mortes), Minas Gerais (238.515 casos e 5.935 mortes) e Rio de Janeiro (233.873 casos e 16.770 mortes).

A cidade do Rio de Janeiro ultrapassou nesta quarta a marca de 10 mil mortos por Covid-19. Aglomerações foram observadas na capital fluminense nos últimos dias. 

Na terça-feira (8), a AstraZeneca informou que sua potencial vacina, que desenvolvia em conjunto com a Universidade de Oxford, teve os testes clínicos interrompidos após um voluntário ter reações adversas. Ainda não se sabe se os sintomas estão relacionados à imunização.