Correspondente Médico: Vacina contra a Covid-19 precisará ser anual?

Um estudo britânico aponta redução de anticorpos para a Covid-19 ao longo do tempo; médico explica consequência na imunização

Da CNN
29 de outubro de 2020 às 10:42


Na edição desta quinta-feira (29) do quadro Correspondente Médico, do Novo Dia, o neurocientista Fernando Gomes aborda se é possível que a vacina contra a Covid-19 seja anual devido à queda de anticorpos.

Um estudo britânico aponta redução de anticorpos para a Covid-19 ao longo do tempo. Depois da primeira de onda de infecções, a pesquisa rastreou os níveis de anticorpos na população e mostrou que a queda foi significativa. A prevalência de anticorpos, que tornaria essa pessoas imunes, caiu de 6% para 4,4% da população.

Gomes frisa que trata-se de uma análise populacional que pode levar a alguns erros. Isso porque pode ser algo relacionado a indivíduos.

"Se a gente fala que a porcentagem de anticorpos construídos na população diminuiu ao longo do tempo, isso significa que talvez a imunidade que seja decorrente da memória estabelecida pelo sistema imunológico não seja tão duradoura assim", ressalta.

Leia também:
Decreto não representa ‘decisão prévia’ de privatização do SUS, diz governo
Privatização de unidades do SUS foi pedido do Ministério da Saúde, diz Economia

(Edição: André Rigue)