Gorinchteyn se diz 'perplexo' por interrupção de estudos sem 'análise robusta'

Em entrevista para a CNN, Jean Gorinchteyn, secretário de Saúde do Estado de São Paulo, reiterou história de quase 120 anos do Instituto Butantan

Da CNN, em São Paulo
10 de novembro de 2020 às 19:34

 

Em entrevista à CNN, Jean Gorinchteyn, secretário de Saúde do Estado de São Paulo, reiterou a segurança da vacina Coronavac, disse que os documentos enviados para a Anvisa nesta terça-feira (10) vão resolver imbróglio sobre pausa da fase 3 de testes e ressaltou história de quase 120 anos do Instituto Butantan na produção de medicamentos que são usados pelo Brasil inteiro.

"Encaro com perplexidade a interrupção do estudo sem análise robusta dos dados enviados por parte da Anvisa."

Leia também

Lewandowski dá 48 horas para Anvisa prestar informações sobre Coronavac

Anvisa informa que recebeu posicionamento de comitê sobre situação da Coronavac

Comissão de pesquisas diverge da Anvisa e apoia sequência de testes da Coronavac

(Edição: Sinara Peixoto)