Brasil registra 38 mil casos e 921 novas mortes por Covid-19

Números foram atualizados neste sábado (14), em boletim do Ministério da Saúde

Guilherme Venaglia, da CNN, em São Paulo
14 de novembro de 2020 às 19:32
Profissional analisa testes para detecção da Covid-19
Profissional analisa testes para detecção da Covid-19
Foto: Josué Damacena/Fiocruz (31.mar.2020)

O Ministério da Saúde informou neste sábado (14) nova atualização sobre o panorama do novo coronavírus. Segundo o governo federal, o país acumulou nas últimas 24 horas um total de 38.307 novos casos e 921 novas mortes pela Covid-19.

Ao todo, o país acumula 5.848.959 casos confirmados e 165.658 mortes acumuladas. 

O estado de São Paulo acumula 1.167.422 casos e 40.549 mortes. Na sequência, aparecem o Rio de Janeiro (326.645 casos e 21.284 mortes), Minas Gerais (381.310 casos e 9.504 mortes), o Ceará (284.208 casos e 9.439 mortes) e Pernambuco (170.553 casos e 8.815 mortes).

De acordo com o Ministério da Saúde, o Brasil tem 5,29 milhões de recuperados e 391.790 casos em acompanhamento. Outras 2.388 mortes estavam sob investigação para a possibilidade de ligação com o novo coronavírus, segundo a atuação mais recente, da quinta-feira (12).

Assista e leia também:

Brasil só tem uma cidade sem caso confirmado de Covid-19
Laboratórios privados têm alta de testes positivos da Covid-19 em novembro
Pernambuco reativa leitos de UTI após aumento de casos de Covid-19

O secretário executivo do Ministério da Saúde, Elcio Franco, disse em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (13) que há indícios de que os sistemas digitais da pasta sofreram ataques hackers. A pasta teve problemas técnicos nas primeiras semanas deste mês para atualizar os dados da Covid-19.

Franco disse que após as investigações do ataque hacker na última semana, que atingiu fortemente o Supremo Tribunal de Justiça (STJ), há indícios que o Ministério da Saúde foi alvo de ataques digitais, apesar de não ter laudos conclusivos.