Ainda é cedo para falar de normalidade, diz embaixadora do Reino Unido no Brasil

Embaixadora interina do Reino Unido no Brasil, Liz Davidson disse que, apesar da animação com as vacinas, não se pode falar em normalidade ainda

Da CNN, em São Paulo
30 de dezembro de 2020 às 16:41 | Atualizado 30 de dezembro de 2020 às 16:43


Esta quarta-feira (30) foi marcada pela notícia da aprovação da vacina de Oxford no Reino Unido, fato que no Brasil ganhou repercussão por ser o imunizante que será produzido pela Fiocruz no Rio de Janeiro.

Em entrevista à CNN, a embaixadora interina do Reino Unido no Brasil, Liz Davidson, disse que, apesar da animação com a novidade, ainda é cedo para dizer sobre o retorno à normalidade.

Leia também

Argentina aprova uso emergencial de vacina da AstraZeneca contra Covid-19

Bolívia assina acordo com fundo russo para 2,6 milhões de doses da Sputnik V

AstraZeneca sinaliza à Anvisa que vai pedir uso emergencial de vacina no Brasil

“A aprovação de Oxford traz muita esperança para o mundo e mostra que a vacina é eficaz, segura, com custo baixo e fácil de transportar. A aprovação significa que nosso programa de imunização pode seguir,” disse Liz à CNN.

“O dia hoje é de otimismo, mas ainda é cedo para dizer sobre normalidade, há um longo caminho ainda. Se der certo poderemos sair dessa situação nos próximos meses”, afirmou.

(Publicado por Daniel Fernandes)