Davi Alcolumbre pede medidas urgentes de socorro ao Amazonas

Presidente do Senado diz que acompanha a situação

da CNN, em São Paulo
14 de janeiro de 2021 às 21:24

 


O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), divulgou nota na noite desta quinta-feira (14) sobre a situação da saúde no Amazonas.

“Acompanho, junto ao governo federal, a situação gravíssima de Manaus, com a nova onda de Covid-19 no Amazonas. Estive em contato com o presidente Jair Bolsonaro, com o ministro Fernando Azevedo, da Defesa, com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e, ainda, com o ministro do STJ, Mauro Campbell, que também é amazonense, para agilizar medidas urgentes de socorro à população”, disse.

E continuou: “Em contato com os senadores daquele estado, coloquei o Congresso Nacional à disposição do que for necessário para minorar o sofrimento desses brasileiros. O Senado Federal também se une em solidariedade e oração e assegura aos amazonenses: vocês não estão sós.”

Nesta quinta, os hospitais da capital amazonense passaram a registrar falta de oxigênio, insumo indispensável para o atendimento dos pacientes com a Covid-19.

À analista da CNN Renata Agostini, o governador do estado, Wilson Lima (PSC), disse que fará a transferência de pacientes de Manaus para hospitais de Teresina (PI), São Luís (MA), Brasília (DF), João Pessoa (PB), Natal (RN) e Goiânia (GO).

Trabalhadores chegam a hospital em Manaus, no Amazonas, com cilindro de oxigênio em meio a colapso do sistema de saúde causado pela pandemia da Covid-19
Foto: Bruno Kelly/Reuters (14.jan.2021)

(Publicado por Sinara Peixoto)