No dia da vacina, Brasil registra 551 mortes e mais de 33 mil novos de Covid-19

33.040 pessoas foram infectadas pelo novo corovanírus nas últimas 24 horas, informou o Ministério da Saúde

Da CNN, em São Paulo
17 de janeiro de 2021 às 19:02 | Atualizado 17 de janeiro de 2021 às 19:06
Covid-19: partícula do novo coronavírus
Covid-19: partícula do novo coronavírus
Foto: TheDigitalArtist/Pixabay


 O Ministério da Saúde confirmou neste domingo (17) a morte de 551 pessoas por Covid-19 em 24 horas no país. Segundo a pasta, 33.040 pessoas foram infectadas pelo novo corovanírus no mesmo período.

Neste domingo, o país vacinou a primeira pessoa contra a Covid-19.

No total, o Brasil registra 209.847 mortes e 8.488.099 casos confirmados da doença.

Os números diários representam aqueles que são informados pelas secretarias municipais e estaduais da Saúde ao longo de 24 horas anteriores à divulgação.

Esse registro é afetado, portanto, pelas rotinas de trabalho desses órgãos, menos intensas aos finais de semana e feriados.

Uso emergencial aprovado

Neste domingo (17), a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou o pedido de uso emergencial no Brasil as vacinas da Oxford/AstraZeneca/Fiocruz e o da Coronavac, do Instituto Butantan com a Sinovac. 

Após a aprovação, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, convidou governadores dos 26 estados e do Distrito Federal para uma reunião na manhã desta segunda-feira (18), em São Paulo, para fazer uma “distribuição simbólica” dos 6 milhões de doses da Coronavac. 

(Publicado por: Marina Motomura)