São Paulo inclui quilombolas em site do cadastro de vacinação para Covid-19

Governador João Doria afirmou que o Ministério da Saúde excluiu os quilombolas da fase inicial do Plano Nacional de Imunização (PNI)

da CNN, em São Paulo
19 de janeiro de 2021 às 19:09


O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou nesta terça-feira (19) que decidiu incluir a população quilombola na fase inicial do plano estadual de imunização contra a Covid-19

No Twitter, Doria disse que determinou que São Paulo inclua os quilombolas no programa de vacinação desde já, conforme estava previsto no Plano Estadual de Imunização. Horas depois da publicação, o site Vacina Já do governo do estado também colocou grupos quilombolas como público-alvo da primeira fase de vacinação.

Questionada pela CNN sobre essa mudança no site, a Secretaria Estadual de Saúde afirmou apenas que neste primeiro momento profissionais de saúde, idosos com mais de 60 anos e pessoas com deficiência vivendo em instituições de longa permanência, indígenas aldeados e quilombolas receberão as doses, com o apoio de equipes da atenção primária do Sistema Único de Saúde (SUS).

Ainda na mesma publicação, Doria afirmou que o Ministério da Saúde excluiu os quilombolas da fase inicial do Plano Nacional de Imunização (PNI). 

“O Ministério da Saúde excluiu os quilombolas da fase inicial do Plano Nacional de Imunização. Acabo de determinar que em São Paulo a população quilombola fará parte do programa de vacinação desde já, conforme previsto no Plano Estadual de Imunização”, escreveu o governador.

Também procurada pela CNN, a pasta ainda não se manifestou.

(Publicado por Daniel Fernandes)