Brasil registra mais de 1.300 mortes por Covid-19 em 24h por 2º dia consecutivo

Ao todo, a doença causada pelo novo coronavírus já fez 214.147 vítimas no país

Anna Satie, da CNN em São Paulo
21 de janeiro de 2021 às 19:19
cemitério da Vila Formosa, em São Paulo, durante pandemia da Covid-19
Agente funerário sepulta caixão no cemitério da Vila Formosa, em São Paulo, durante pandemia da Covid-19
Foto: Ettore Chiereguini/Agif/Estadão Conteúdo (21.jan.2021)

O Ministério da Saúde registrou nesta quinta-feira (21) mais 1.316 mortes por Covid-19. É o segundo dia consecutivo que mais de 1.300 vítimas entram na contagem — a única outra vez em que isso aconteceu foi nos dias 3 e 4 de junho de 2020. 

Na quarta-feira (20), foram acrescentadas mais 1.340 vítimas.

Com a atualização de hoje, o país soma 214.147 vidas perdidas para a doença causada pelo novo coronavírus. É a segunda maior contagem do mundo, atrás somente dos Estados Unidos. 

Também foram contabilizados mais 59.119 casos, elevando o total a 8.697.368. 

As promotorias de pelo menos oito estados brasileiros instauraram investigações sobre pessoas que teriam sido vacinadas contra Covid-19 mesmo sem pertencer aos grupos prioritários.

Os casos de "fura-filas" da Coronavac foram denunciados no Amazonas, Bahia, Distrito Federal, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rondônia, Pará e Paraíba.

Ainda no assunto das vacinas, a Índia liberou a exportação de 2 milhões de doses do imunizante de Oxford/AstraZeneca e as primeiras remessas serão enviadas para o Brasil nesta noite