Caio Coppolla: Vacinas chegarão, para desespero de quem celebra a calamidade

Comentarista avaliou a chegada das 2 milhões de doses da vacina de Oxford contra a Covid-19, prevista para acontecer no fim da tarde desta sexta-feira

da CNN, em São Paulo
22 de janeiro de 2021 às 15:37


No quadro Liberdade de Opinião do Visão CNN desta sexta-feira (22), o comentarista Caio Coppolla avaliou a chegada das 2 milhões de doses da vacina de Oxford contra a Covid-19 ao Brasil, prevista para acontecer no fim da tarde de hoje. 

“Se Deus quiser, a carga aterrissará em poucas horas, isso para o desespero de quem celebra uma calamidade sanitária como se fosse uma vitória política, e para a tristeza de todos aqueles que riram ou debocharam do atraso de um avião carregado com a vacina mais eficaz à disposição da população brasileira”, disse Caio.

“Eu já falei isso: nós estamos perdendo a oportunidade, como sociedade e humanidade, de nos fortalecer na adversidade e de utilizar esses desafios comuns como um catalisador para fomentar a fraternidade e a união entre as pessoas. Então, ao contrário do que disseram certos políticos e ativistas radicais, o coronavírus não é um presente da natureza ou de Deus, mas certamente a nossa desunião na hora de combatê-lo é um mimo para o diabo.”

O Liberdade de Opinião tem a participação de Caio Coppolla e Rita Lisauskas. O quadro vai ao ar diariamente na CNN.

 Caio Coppolla no quadro Liberdade de Opinião

Caio Coppolla no quadro Liberdade de Opinião
Foto: CNN (22.jan.2021)

As opiniões expressas nesta publicação não refletem, necessariamente, o posicionamento da CNN ou seus funcionários.

(Publicado por Daniel Fernandes)