Covid-19: jovem em GO é reinfectada por cepa diferente em intervalo de 6 meses

Caso em Ceres (GO) representa a primeira reinfecção pelo novo coronavírus registrada no estado

Da CNN, em São Paulo
09 de fevereiro de 2021 às 23:50
Cientista conduz estudo sobre Covid-19 em laboratório
Foto: Divulgação / Pixabay

 


Em nota, a Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) confirmou o primeiro caso de reinfecção pelo novo coronavírus no estado: uma "paciente jovem do sexo feminino" de Ceres, município localizado a 179 quilômetros da capital Goiânia, foi infectada pela primeira vez em junho de 2020 e a segunda em dezembro do mesmo ano, configurando um intervalo de seis meses entre uma e outra. 

Segundo o comunicado, testes laboratoriais comprovaram que a mulher foi reinfectada por "linhagens com variantes diferentes nos dois episódios da doença".

 

"Até então, não existia registro da variante identificada deste caso de reinfecção em Goiás, apesar dela já circular em outros estados brasileiros. É importante destacar que não se trata de uma nova cepa, mas sim da primeira vez que se identificou esta linhagem no Estado", informou a SES-GO.

Ainda de acordo com o órgão, "os estudos revelam que não há nada que relacione esta linhagem com o aumento de transmissão ou da gravidade de casos".

Para confirmar a reinfecção, a secretaria comparou duas amostras do exame RT-PCR da paciente, que foram enviadas ao Instituto Adolf Lutz, laboratório de referencia acional, para sequenciamento genético.