Brasil registra mais de 1.300 mortes por Covid-19 pelo 3º dia consecutivo

Ao todo, doença causada pelo novo coronavírus já vitimou 236.201 pessoas no país

Anna Satie, da CNN em São Paulo
11 de fevereiro de 2021 às 19:32
cemitério da Vila Formosa, em São Paulo, durante pandemia da Covid-19
Agente funerário sepulta caixão no cemitério da Vila Formosa, em São Paulo, durante pandemia da Covid-19
Foto: Ettore Chiereguini/Agif/Estadão Conteúdo (21.jan.2021)

O Ministério da Saúde registrou nesta quinta-feira (11) mais 1.351 mortes por Covid-19. Este é o terceiro dia consecutivo em que a contagem fica acima de 1.300. 

Na quarta (10), foram 1.330 óbitos, na terça (9), 1.350. A média de mortes nos últimos sete dias está acima de mil há três semanas, desde 21 de janeiro.

Ao todo, a doença causada pelo novo coronavirus já vitimou 236.201 pessoas no país. O Brasil é a segunda nação com o maior número de mortos pela Covid-19 no mundo, atrás somente dos Estados Unidos

Também foram registrados mais 54.742 diagnósticos, totalizando 9.713.909. 

Nesta quinta, fez um ano que a OMS (Organização Mundial da Saúde) nomeou a Covid-19, com a distribuição das vacinas e as variantes da doença como os principais desafios para o combate da pandemia.

A farmacêutica AstraZeneca informou que o desenvolvimento de uma vacina eficaz contra as novas variantes do coronavírus pode levar até nove meses.

Cientistas britânicos comunicaram também que a variante do Reino Unido pode contagiar pessoas que já foram vacinadas