Governadores vão pedir a Pazuello cronograma de vacinação e custeio de UTI

O encontro com o ministro foi pedido pelo governador do Piauí, Wellington Dias, coordenador da temática das vacinas no Fórum dos Governadores

Renata Agostini
Por Renata Agostini, CNN  
15 de fevereiro de 2021 às 14:32 | Atualizado 17 de fevereiro de 2021 às 23:09

Em encontro agendado com Eduardo Pazuello para a quarta-feira, 17, os governadores planejam pressionar o governo federal a divulgar um cronograma detalhado para a distribuição de vacinas diante da declaração do ministro de que toda a população será imunizada até dezembro deste ano.

O encontro com o ministro foi pedido pelo governador do Piauí, Wellington Dias, coordenador da temática das vacinas no Fórum dos Governadores. Os governadores vinham tentando há semanas a reunião e chegaram a pedir a ajuda do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, para marcar a conversa.

Eduardo Pazuello, ministro da Saúde
Eduardo Pazuello, ministro da Saúde
Foto: CNN (07.jan.2021)

Na pauta do encontro, está previsto ainda o pedido para que o presidente Jair Bolsonaro sancione sem qualquer veto o projeto aprovado pelo Congresso que acelera aprovação para uso de vacinas no país. Ele determina que a Anvisa conceda, em até 5 dias, autorização do uso de vacina caso ela já tenha sido aprovada por uma entre nova agências internacionais.

O presidente da Anvisa, Antônio Barra Torres, tenta convencer o presidente a vetar o dispositivo. Segundo ele, o país corre risco sanitário caso a lei seja mantida dessa forma, já que a Anvisa não poderá avaliar o imunizante detidamente antes que ele seja aplicado no Brasil.

Os governadores também pretendem tratar sobre o pagamento pelo custeio de leitos de UTI para Covid. O Ministério da Saúde reduziu drasticamente desde janeiro a transferência de recursos aos estados para manter esses leitos.

Há intenção também de pedir uma solução para medicamentos cujos preços vêm subindo muito e que os estados têm encontrado dificuldade para adquirir.