Quinze estados e DF têm mais de 80% de ocupação de leitos de UTI

Estados do sul, norte, nordeste e centro-oeste do país têm nível crítico de ocupação; levantamento inclui rede pública e privada

Giovanna Bronze e Anna Satie, da CNN em São Paulo
26 de fevereiro de 2021 às 15:35 | Atualizado 26 de fevereiro de 2021 às 15:54

Quinze estados brasileiros e o Distrito Federal têm mais de 80% de ocupação dos leitos de UTI, mostra um levantamento da CNN feito com dados fornecidos pelas secretarias estaduais de Saúde até a tarde desta sexta-feira (26). 

O mais crítico deles é o Acre, em que 97,2% dos equipamentos da rede pública estão ocupados. 

Cada secretaria de Saúde tem a própria metodologia para divulgar a ocupação dos leitos. Algumas agrupam os dados das redes pública e privada, outras separam. O Distrito Federal disse que 92,5% dos leitos de UTI estão ocupados, mas não discriminou a qual rede os dados se referem. 

Veja os estados em que a situação de ocupação dos leitos de UTI é preocupante:

Mais de 80% de ocupação dos leitos na rede pública

1. Acre: 97,2%

2. Rondônia: 96,7%

3. Paraná: 94%

4. Goiás: 92,57%

5. Santa Catarina: 90,4%

6. Pernambuco: 89%

7. Mato Grosso do Sul: 85%

8. Bahia: 81%

9. Roraima: 80%

10. Tocantins: 80%

Mais de 80% de ocupação dos leitos nas redes pública e privada

11. Rio Grande do Sul: 93,9%

12. Ceará: 91,75%

13. Amazonas: 87,8%

14. Rio Grande do Norte: 85,8%

Mais de 80% de ocupação dos leitos na rede privada

Rio Grande do Sul: 105,3%

15. Sergipe: 89,7%

Pernambuco: 84%

Mato Grosso do Sul: 81%