Sidney Rezende: 'Colapso do sistema de saúde está em efeito dominó'

No quadro Liberdade de Opinião, Sidney Rezende falou sobre o combate da pandemia no país e o crescente número de casos de Covid-19

Da CNN, em São Paulo
26 de fevereiro de 2021 às 14:24

No quadro Liberdade de Opinião desta sexta-feira (26), Sidney Rezende comentou o avanço da Covid-19 pelo país. Em 24 horas, o Brasil registrou mais de 1.500 mortes por pela doença, informou o Ministério da Saúde. Esse é o segundo maior número registrado desde o início da pandemia.

"O colapso do sistema de saúde está em efeito dominó. Hoje temos isso algumas cidades e, daqui a pouco, teremos em outras e nós não poderemos mais dizer que não sabíamos", disse Rezende.

"As aglomerações continuam. Este resultado grave agora é o início [do reflexo] das pessoas contaminadas que, durante o Carnaval, abusaram dessas festinhas, dessas aglomerações", completou.

"A população tem que ajudar. As vacinas têm que chegar. O governo tem que ser mais rápido. As forças armadas precisam se engajar mais. É uma convocação como se fosse uma guerra, como se fosse todo mundo lutando para, juntos, vencermos essa doença", afirmou o jornalista.

O Liberdade de Opinião tem a participação de Sidney Rezende e Alexandre Garcia. O quadro vai ao ar diariamente na CNN.

Sidney Rezende no quadro Liberdade de Opinião
Foto: CNN Brasil (26.fev.2021)

As opiniões expressas nesta publicação não refletem, necessariamente, o posicionamento da CNN ou seus funcionários.

 

 

(Publicado por Sinara Peixoto)