Variante do coronavírus semelhante à sul-africana é identificada em Sorocaba

A cepa foi detectada em uma mulher de 34 anos, que apresentou um quadro leve da doença

Bruno de Castro, do Estadão Conteúdo
31 de março de 2021 às 16:34 | Atualizado 31 de março de 2021 às 17:28

 O diretor do Centro de Contingência do Coronavírus de São Paulo, Paulo Menezes, afirmou nesta quarta-feira (31) que uma nova variante do coronavírus foi identificada em Sorocaba, no interior do Estado.

O material genético do vírus foi analisado e, embora seja semelhante à variante sul-africana, não foi descartada a chance de ser uma nova cepa.

Segundo o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, "também existe a possibilidade de que seja já uma evolução da nossa P1 em direção a essa nova mutação da África do Sul".

A cepa foi detectada em uma mulher de 34 anos, que apresentou um quadro leve da doença. Ela não tinha histórico de viagens recentes. As variantes do Reino Unido e de Manaus também já foram detectadas no município.

O anúncio foi feito em coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, na zona oeste da capital paulista.

O material genético do vírus foi analisado e, embora seja semelhante à variante sul-africana, não foi descartada a chance de ser uma nova cepa
Foto: Phil Noble/Reuters