Fiocruz entrega 300 mil doses da vacina de Oxford a menos que o previsto

Lote ficou retido no controle de qualidade e será liberado na próxima remessa para o Ministério da Saúde

Leandro Resende
Por Leandro Resende, CNN  
09 de abril de 2021 às 18:50 | Atualizado 09 de abril de 2021 às 18:55
Profissional da saúde prepara vacina AstraZeneca-Oxford para aplicação
Profissional da saúde prepara vacina AstraZeneca-Oxford para aplicação
Foto: Valentyn Ogirenko/Reuters (5.mar.2021)

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) entregou 1,7 milhão de doses da vacina de Oxford ao Ministério da Saúde nesta sexta-feira (9), 300 mil a menos do que o previsto na última segunda-feira (5). Naquela data, a instituição prometera entregar 2 milhões de doses até sábado (10).

De acordo com nota enviada à CNN pela Fiocruz, as 300 mil doses que não foram entregues ficaram retidas no processo de controle de qualidade e serão liberadas em breve.

A CNN apurou que há uma quantidade menor de lotes de vacina sendo liberados do setor de controle por semana, porque a Fiocruz ainda está entregando as primeiras doses feitas com o insumo farmacêutico ativo (IFA) que veio da China. 

A promessa é de que a partir da semana que vem um número maior de lotes de vacina seja liberado, e, assim, a Fiocruz prevê a entrega semanal de 5 milhões de doses por semana.

No começo desta semana, a CNN mostrou que a Fiocruz prevê a entrega de, no máximo, 19,7 milhões de doses até o fim deste mês - cerca de 1,4 milhão de doses a menos do que a previsão divulgada em março.