Brasil registra 3.321 mortes por Covid-19 em 24 h e passa de 14 mi de infectados

País soma 69.381 novos casos da doença nas últimas 24 horas, segundo dados do Conass

Anna Gabriela Costa, da CNN, em São Paulo
20 de abril de 2021 às 18:14 | Atualizado 21 de abril de 2021 às 00:45

O Brasil registrou 3.321 mortes e 69.381 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, de acordo com dados divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) nesta terça-feira (20).

Com a atualização, o Brasil ultrapassou a marca de 14 milhões de infectados pelo novo coronavírus desde o início do surto no país. São 14.043.073 contaminados e 378.003 mortes provocadas pela Covid-19.

Neste mês, o país atingiu o pico no número de mortes, registrando pela primeira vez mais de 4 mil óbitos em 24 horas. A semana mais letal da pandemia, entre 4 e 10 de abril, registrou o total de 21.141 mortes.

Imunização

São Paulo, o estado brasileiro mais afetado pela pandemia, com mais de 88 mil vítimas fatais e mais de 374 mil contaminados, anunciou nesta terça-feira (20) a antecipação da vacinação contra a Covid-19 para pessoas com síndrome de Down, pacientes transplantados imunossuprimidos e pacientes renais em diálise, entre 18 e 59 anos, para o dia 10 de maio.

Enterros de pessoas que faleceram por causa da Covid-19 no cemitério Nossa Senhora Aparecida em Manaus (AM)
Foto: Sandro Pereira/Estadão Conteúdo

 

A expectativa é que 120 mil pessoas com essas comorbidades sejam imunizadas. Funcionários do Metrô e da CPTM também foram incluídos na campanha de vacinação. O início da imunização para esse grupo está previsto para o dia 11 de maio.

Já em âmbito nacional, o Ministério da Saúde iniciou tratativas para comprar um novo lote com mais 100 milhões de doses da vacina da Pfizer. A negociação entre integrantes do governo e da farmacêutica começou há cerca de 20 dias e já ocorreram pelo menos três reuniões para debater o assunto, segundo apurou a CNN com três fontes que acompanham as conversas. 

A ideia do governo é que essa nova remessa chegue ao Brasil ainda neste ano, entre outubro e dezembro. A entrega ocorreria depois que o lote de 100 milhões de doses acertado for enviado. 

Novo estudo em Israel mostra 75% de eficácia da vacina da Pfizer contra a Covid-19 (20.fev.2021)
Foto: Reprodução / CNN