Covid-19: Brasil registra 1.899 mortes em 24 h e média móvel para de cair

Com mais 76.490 casos, país ultrapassa a marca de 16 milhões de infectados

Lucas Rocha, da CNN, em São Paulo
22 de maio de 2021 às 17:56 | Atualizado 22 de maio de 2021 às 19:18

O Brasil registrou neste sábado (22) mais 76.490 casos e 1.899 mortes por Covid-19, de acordo com dados divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). A média móvel de mortes parou de cair. Nos últimos sete dias, o índice se manteve acima de 1.900. Com a atualização, o país chega a 448.208 mortes e 16.047.439 casos de Covid-19. 

Segundo dados da Universidade Johns Hopkins, o Brasil é o segundo país no mundo em número de mortes pela Covid-19, atrás apenas dos Estados Unidos, que somam 589.428 óbitos.

Em relação ao número de infectados, o Brasil ocupa a terceira colocação no ranking mundial, atrás dos Estados Unidos e da Índia, ainda de acordo com dados da Johns Hopkins.

Cemitério Nossa Senhora Aparecida, em Manaus, durante pandemia da Covid-19
Foto: Aguilar Abecassis/Photopress/Estadão Conteúdo (5.mar.2021)

 

Primeiros casos da variante da Índia identificados no Brasil

Nessa semana, foram registrados os primeiros casos da variante B.1.617, originária da Índia, no país. Os tripulantes de um navio ancorado na costa de São Luís, no Maranhão, estão sendo monitorados pelo Ministério da Saúde.

Em entrevista à CNN, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), afirmou que não há indicativo de transmissão local da cepa no estado.

A circulação de uma nova variante do SARS-CoV-2 é motivo de preocupação devido à possibilidade de aumento no número de casos e mortes.