Indiano é liberado de isolamento no RJ e mais 2 homens começam a ser monitorados

Homem estava sendo monitorado pela Vigilância em Saúde de Campos dos Goytacazes e não apresentou sintomas

Mylena Guedes, da CNN, no Rio de Janeiro*
09 de junho de 2021 às 22:49
Monitoramento de variantes (21 de maio de 2021)
Monitoramento de variantes (21 de maio de 2021)
Foto: Reprodução / CNN

O indiano de 50 anos, que chegou ao Brasil no último dia 28 a trabalho, foi liberado do isolamento nesta quarta-feira (9). Ele estava sendo monitorado pela Vigilância em Saúde de Campos dos Goytacazes, cidade do Norte Fluminense, e não apresentou sintomas.  

Enquanto isso, o município de Campos começou a monitorar dois indianos, de 36 e 37 anos, que chegaram no Norte Fluminense na última segunda-feira (7). De acordo com a secretaria de Saúde do município, apesar de terem testado negativo para a Covid-19, eles estão em quarentena.  

Até o momento, ao todo, quatro cidadãos indianos são monitorados na cidade. Os outros dois homens, com 46 e 48 anos, chegaram ao Brasil no dia 30 de maio.  

No último dia 25, a secretaria estadual de Saúde confirmou o primeiro paciente infectado pela cepa originária da Índia no estado. O homem de 32 anos ficou isolado em um hotel da capital fluminense e foi liberado para o convívio familiar no sábado (5), após concluir o tempo de quarentena. 

De acordo com a secretaria de Saúde do Rio, as 29 pessoas que tiveram contato com o homem de 31 anos seguem sendo monitoradas até completar os 14 dias. Até agora, todos estão assintomáticos e testaram negativo para o vírus. 

No Brasil, foram confirmados nove casos da nova variante sendo seis no navio que está na costa do Maranhão, um em Campos dos Goytacazes (RJ), um em Juiz de Fora (MG) e um em Apucarana (PR). Os casos no Rio Grande do Norte, Espírito Santo, Pará, Distrito Federal e Ceará foram descartados, segundo o Ministério da Saúde.   

*Sob supervisão de Isabelle Resende