88% dos brasileiros apoiam exigência de vacinação para trabalhadores

Pesquisa do Ipsos mostra que 66% da população receberia o imunizante para manter o emprego, caso medida fosse implementada

Vacinação contra Covid-19
Vacinação contra Covid-19 24/06/2021REUTERS/Dado Ruvic/Foto ilustrativa

Lucas Janoneda CNN

Rio de Janeiro

Ouvir notícia

Quase nove em cada dez brasileiros, ou 88% da população do país, concordam com a medida que exige dos funcionários a comprovação do esquema vacinal completo contra a Covid-19 como pré-requisito para trabalhar. É o que aponta a pesquisa do Ipsos intitulada “Covid-19 e o Ambiente de Trabalho”, divulgada nesta quinta-feira (9).

O levantamento mostra que a aprovação da medida no Brasil, que obriga os funcionários a receber as duas doses da vacina, é maior em comparação com a média mundial, que apresenta uma aprovação de 78% em prol da determinação.

O estudo do Ipsos ouviu 14,4 mil adultos empregados de 33 países, sendo mil no Brasil, e foi realizado entre os dias 22 de outubro e 5 de novembro. A margem de erro é de 3,5% para mais ou para menos.

Entre os 33 países pesquisados, o Brasil tem o oitavo maior índice de aprovação à medida. China (97%), Cingapura (93%) e Malásia (93%) lideram. Já Hungria (46%), Rússia (52%) e Polônia (59%) registraram as menores taxas.

Cerca de 80% dos brasileiros também concordam que as empresas devem exigir que as pessoas não vacinadas passem por testes cotidianos contra o novo coronavírus. E que os funcionários devem usar máscara em áreas comuns e quando estiverem próximos a outras pessoas. Ambos os índices estão acima da média global, que apresentou 74% e 81%, respectivamente.

Por fim, a pesquisa destaca que 66% dos brasileiros receberiam o imunizante para manter o trabalho, enquanto 21% concordariam em submeter-se à testagem rotineira. 5% procurariam uma forma de recusar as duas condições e manter o emprego; 4% pediriam demissão; 5% não souberam responder. A população da China registrou os maiores índices de pessoas que aceitariam receber o imunizante contra a Covid-19 como condição para manter o trabalho, com 85% de aprovação à medida.

Mais Recentes da CNN