Twitter lança ferramenta para iOs que faz posts em áudio

Em um primeiro momento, novidade é exclusiva para celulares com sistema iOS; usuários podem divulgar áudios de até 140 segundos

Pietra Carvalho, da CNN, em São Paulo
17 de junho de 2020 às 16:03
Ferramenta de áudio do Twitter permitirá gravações de até 140 segundos; ícone já está disponível em alguns celulares da Apple
Foto: Reprodução/Twitter

O Twitter anunciou na tarde desta quarta-feira (17) o lançamento de uma ferramenta de posts em áudio em seu aplicativo para o sistema iOS. 

Segundo o perfil da rede social, o objetivo da novidade é testar “uma nova maneira de começar a conversa”. 

“Quando quiser se expressar, tuíte com a sua voz”, incentivou o comunicado da empresa. Ao descrever a nova função, o Twitter justificou que o limite de 280 caracteres por tuíte limita as “nuances da conversa” e explicou o mecanismo para fazer as postagens por voz. 

Depois de criar um tuíte, da maneira tradicional, um novo ícone de ondas sonoras aparecerá no canto inferior esquerdo para os usuários do microblog -- para capturar a voz é necessário apenas tocá-lo. 

Cada tuíte de voz registra até 140 segundos de áudio, mas se a gravação ultrapassar este tempo, a ferramenta divide automaticamente o conteúdo em uma sequência de postagens. 

Leia também:

Twitter vai deixar parte dos seus funcionários trabalhar de casa 'para sempre'

Depois de gravar, o usuário deve clicar no botão “finalizar”, que o redireciona para a área de criação do tuíte, onde ele pode digitar um texto para descrever o tema do áudio anexado, que aparece em um player com uma capa ilustrada pela foto do perfil. 

O áudio começa apenas quando os seguidores clicam sobre o player, e é reproduzido mesmo quando o aplicativo está minimizado, o que permite que o conteúdo seja ouvido enquanto outros programas são utilizados no celular. 

A princípio, a novidade será exclusiva para um número limitado de aparelhos com o sistema iOS, da Apple, sendo estendida para todos os telefones da marca nas próximas semanas. A chegada da ferramenta para os celulares Android e para a versão de computador da rede social ainda não foi agendada.