Plataforma dimensiona mortes por Covid-19 no país a partir de dados locais


Da CNN
24 de julho de 2020 às 13:27

A Agência Lupa, especialista em checagem de material publicado na internet, criou uma plataforma que dá a dimensão das mortes causadas pelo novo coronavírus  no Brasil. O objetivo do projeto é mostrar ao usuário, a partir da sua vizinhança, o impacto da pandemia no país.

No site, o visitante é convidado a inserir seu endereço e, a partir disso, consegue visualizar a densidade de mortes ao seu redor e em regiões próximas. Em entrevista à CNN, Natália Leal, diretora de conteúdo da Agência Lupa, afirmou que a iniciativa é uma forma de conscientizar sobre a dimensão do número de mortes por Covid-19 no país.

Leia também:

Militares já veem ressalvas à tecnologia chinesa no 5G

"A gente acredita que não tem nada melhor do que ter uma referência do que nos é familiar. E acho que não tem nada mais familiar do que a nossa vizinhança. Então, a gente faz essa comparação e coloca o usuário no epicentro da pandemia. A simulação funciona como se a pandemia de Covid-19 tivesse começado entorno dele e aí  o indivíduo consegue enxergar o raio que seria 'dizimado', caso todas as pessoas morressem por Covid-19", explica.

De acordo com uma simulação feita na plataforma, a partir do número total de mortes pelo vírus no país, mais de cinco mil cidades do país deixariam de 'existir', caso todos óbitos foram registrados nestes municípios. A ferramenta leva em consideração os dados registrados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) sobre a concentração populacional no Censo 2010.

"A gente fez essa previsão hipotética, mas se a gente tivesse todos esses casos de mortes concentrados em um só lugar, hoje 93% dos municípios brasileiros deixariam de existir por conta da Covid-19. Isso também é muito assustador e de um impacto muito grande", concluiu Natália.

(Edição: Leonardo Lellis)