Nas Ilhas Canárias, realeza espanhola tenta impulsionar o turismo em pandemia


Clara-Laeila Laudette, Reuters
23 de junho de 2020 às 18:51
Ilhas Canárias, na Espanha

Ilhas Canárias, na Espanha, reabrem para receber turistas no verão europeu

Foto: Adam Kontor / via Pixabay

O rei e a rainha da Espanha visitaram uma praia das Ilhas Canárias, nesta terça-feira (23), na primeira etapa de uma turnê destinada a ajudar a resgatar a economia dependente do turismo, afetado pela crise do coronavírus.

O rei Felipe e a rainha Leticia também visitaram um museu do autor local Benito Pérez Galdós, cumprimentaram apoiadores e se encontrariam com representantes do setor de turismo no popular arquipélago espanhol na costa noroeste da África.

A Covid-19 atingiu duramente a Espanha, com 28.324 mortes até agora e um isolamento de três meses que pulverizou seu setor de turismo, responsável por 12% da economia e um em cada oito empregos.

Leia também:

Disney de Paris anuncia reabertura em fases a partir de 15 de julho

Inglaterra vai reabrir cinemas, museus e galerias a partir de 4 de julho

Na capital das ilhas, Gran Canária, os habitantes locais receberam o casal real com aplausos e gritos de "Viva", enquanto Felipe cumprimentava as pessoas com o cotovelo para evitar aperto de mãos. A turnê os levará a todas as regiões da Espanha nos próximos dias.

A Espanha abriu suas fronteiras para turistas no domingo, mas a temporada de verão está sendo retomada com cautela.

Apenas 35 hotéis estavam operando na terça-feira em Mallorca, apenas 5% do total da ilha do Mediterrâneo, com apenas 15% dos hotéis programados para abrir no início de julho, segundo uma associação hoteleira local.

Rei Felipe e rainha Letícia em Las Palmas, nas Ilhas Canárias

Rei Felipe e rainha Letícia em Las Palmas, nas Ilhas Canárias (23/06/2020)

Foto: Borja Suárez/ Reuters