Maior roda gigante da América Latina, no Rio, será reaberta após cinco meses


Isabelle Saleme Da CNN, no Rio
09 de agosto de 2020 às 18:08

Mais de 300 mil estrangeiros deixaram de visitar o Rio de Janeiro entre março e junho, em comparação com o ano passado, por conta da pandemia de Covid-19. Para amenizar esse impacto, a maior roda gigante da América Latina, fechada há cinco meses, será reaberta no próximo dia 15.

Entre dezembro do ano passado, quando foi inaugurada, e março, quando teve de ser fechada, a atração recebeu 200 mil pessoas. O Rio de Janeiro, como um todo, perdeu mais de R$ 1,3 bilhão no setor do turismo.

A capacidade na cabine, para 8 pessoas, foi reduzida pela metade. Só podem ir pessoas da mesma família ou mesmo grupo. O distanciamento deve ser respeitado e as máscaras precisam estar no rosto o tempo inteiro.

Quem encarar os 88 metros de altura conseguirá ver a ponte Rio-Niterói, a cidade do Samba, o Morro da Providência, o Cristo Redentor, o relógio da Central do Brasil, além de parte do estádio do Maracaná e da zona portuária. Ingressos e informações no site https://riostar.tur.br/.