Dogecoin cai 24% após Elon Musk fazer piada em programa de TV

A dogecoin foi criada em 6 de dezembro de 2013 por uma dupla de engenheiros de software; neste ano, a criptomoeda se tornou a quinta maior em valor de mercado

David Goldman, CNN Business
09 de maio de 2021 às 09:55 | Atualizado 09 de maio de 2021 às 09:58
Dogecoin
Dogecoin
Foto: Yuriko Nakao/Getty Images

Os investidores apostaram certo: Elon Musk mencionou a dogecoin no programa de TV "Saturday Night Live" durante seu monólogo de abertura neste sábado (8). Bem, na verdade, quem mencionou a criptomoeda foi Maye Musk, mãe de Elon, que surgiu ao final de sua fala de abertura para perguntar o que ganharia de presente do Dia das Mães.

"Estou animada com meu presente de Dia das Mães", disse Maye Musk. "Só espero que não seja dogecoin!" "É sim. Com certeza é", disse o CEO da Tesla.

Depois do valor da criptomoeda aumentar antes do aparecimento de Musk no SNL, os investidores venderam dogecoin drasticamente depois que os Musks falaram sobre isso no programa. 

A Dogecoin caiu 24%, sendo negociado a até US$ 54 centavos na noite de sábado. A criptomoeda começou a ser negociada neste sábado (8) a cerca de US$ 70 centavos e estava sendo vendida por cerca de US$ 66 centavos pouco antes de o SNL ir ao ar, às 23h30, no horário do leste dos Estados Unidos.

As criptomoedas são notoriamente voláteis, e dogecoin está em alta este ano. É um aumento de mais de 12.000% desde janeiro e ganhou 800% somente neste mês.

Musk tem sido o defensor mais proeminente da dogecoin. Ele frequentemente tweeta sobre a criptomoeda, e apenas um de seus tweets bizarros para seus 50 milhões de seguidores pode enviar dogecoin em alta. 

Foi o que aconteceu em abril, quando Musk twittou "Doge Barking at the moon" e compartilhou a foto de um quadro do artista espanhol Joan Miró, intitulado "Dog Barking at the Moon".

Dogecoin começou em 2013 como uma piada – um aceno para o meme "doge" que estava em toda a internet na época. Mas não é mais uma piada: é a quinta maior criptomoeda do mundo, com um valor de mercado próximo a US $ 70 bilhões, de acordo com a Coinbase.

Tanto a dogecoin quanto a Tesla vinham sendo negociadas em alta em antecipação ao aparecimento de Musk no programa de TV. Os futuros da Tesla não foram negociados neste sábado (8) à noite durante o programa.

O CEO da Tesla e da SpaceX, Elon Musk
O CEO da Tesla e da SpaceX, Elon Musk
Foto: Mike Blake - 13.jun.2019 / Reuters

Não está claro o que estava impulsionando a venda do dogecoin. Talvez os investidores quisessem que Musk dissesse algo mais favorável à criptomoeda. Mas o mais provável é que houvesse alguma estratégia "compre o boato/venda as notícias", tentando capitalizar as previsões dos investidores se tornando realidade e vendendo durante a alta.

Dogecoin foi negociada tão ativamente que o popular aplicativo Robinhood anunciou na manhã deste domingo (9) que estava tendo problemas para processar transações criptográficas e trabalhavam para resolver o problema.

(Esse texto é uma tradução. Para ler o original, em inglês, clique aqui)