Ação da GameStop recua com silêncio sobre plano de recuperação

Executivos não deram novos detalhes do plano de reforma da empresa, uma varejista predominantemente física

Companhia pode sofrer a quinta queda consecutiva nas ações
Companhia pode sofrer a quinta queda consecutiva nas ações Mike Mozart/Funny Youtube

Sagarika JaisinghaniMedha SinghNivedita BaluSinéad Carewda Reuters

Ouvir notícia

As ações da GameStop recuavam cerca de 9% nesta quinta-feira (9), uma vez que o silêncio da varejista de videogames sobre seu plano de recuperação fazia investidores de varejo questionarem a alta meteórica no preço dos papéis neste ano.

A empresa registrou alta de 25% nas vendas trimestrais, mas seus executivos não deram novos detalhes para um plano de reforma de um varejista predominantemente físico. A empresa recentemente levantou mais de US$ 1 bilhão.

Por volta de 11h10, as ações caíam 9,02%, a US$ 180,87.

Embora o preço de quinta-feira seja de cerca de 10 vezes o de dezembro, ele estava bem abaixo do pico de US$ 483 em janeiro, quando a ação experimentou grandes oscilações no auge de uma batalha entre os pequenos operadores e os fundos de hedge de Wall Street.

Se a GameStop fechar em baixa nesta sessão, será a quinta queda consecutiva.

“Esta é a terceira vez que os investidores esperam que a administração da GameStop articule sua estratégia e a terceira vez que a empresa falhou em fazê-lo”, escreveu o analista da Wedbush Michael Pachter.

“Acreditamos que a GameStop continuará prometendo e frustrando em entregar uma estratégia a seus investidores e buscará maneiras de aumentar as vendas online enquanto mantém os investidores afastados”.

As vendas líquidas no segundo trimestre subiram para US$1,18 bilhão, mas a GameStop também registrou um prejuízo ajustado maior do que o esperado, de US$ 0,76 por ação.

Mais Recentes da CNN