Ações europeias iniciam maio com perdas em meio a preocupações com economia

Índice pan-europeu STOXX 600 fechou em queda de 1,46%, a 443,83 pontos

Pessoa se protege da chuva ao passar em frente ao prédio da Bolsa de Londres
Pessoa se protege da chuva ao passar em frente ao prédio da Bolsa de Londres Toby Melville/Reuters

Sruthi ShankarShreyashi Sanyalda Reuters

Ouvir notícia

As ações europeias fecharam em baixa nesta segunda-feira (2), em uma sessão marcada por queda acentuada repentina, enquanto dados pessimistas das fábricas chinesas alimentaram preocupações sobre uma forte desaceleração econômica.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em queda de 1,46%, a 443,83 pontos, encerrando uma sequência de três dias de ganhos em dia de volume reduzido por feriado bancário no Reino Unido.

O STOXX 600 chegou a cair 3% durante o pregão, e o índice de referência de ações de Estocolmo cedeu 8%, no que corretores disseram ser uma “queda relâmpago” ou uma negociação errada.

Um indicador da volatilidade dos papéis da zona do euro também teve um salto repentino e atingiu seu nível mais alto desde meados de março, a 35,99. Ele caiu a 34,04, enquanto o índice de Estocolmo se recuperou das perdas para recuar 1,6%.

Dados divulgados no fim de semana mostraram que a atividade industrial na China contraiu mais do que o esperado em abril, quando os lockdowns generalizados contra a Covid-19 suspenderam a produção industrial e interromperam as cadeias de suprimentos.

Setores ligados ao país asiático, como automóveis, artigos de luxo, fabricantes de chips e industriais pressionaram o STOXX 600.

  • Em Londres, o índice Financial Times permaneceu fechado;
  • Em Frankfurt, o índice DAX caiu 1,13%, a 13.939,07 pontos;
  • Em Paris, o índice CAC-40 perdeu 1,66%, a 6.425,61 pontos;
  • Em Milão, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 1,63%, a 23.857,23 pontos;
  • Em Madri, o índice Ibex-35 registrou baixa de 1,73%, a 8.436,00 pontos;
  • Em Lisboa, o índice PSI20 desvalorizou-se 1,11%, a 5.864,36 pontos.

Mais Recentes da CNN