Após fechar fusão com Hapvida, NotreDame deixará de ser negociada na B3

De acordo com as companhias, o fechamento da operação será feito a partir de atos interdependentes e vinculados em datas distintas

Sede da B3
Sede da B3 09/03/2021REUTERS/Amanda Perobelli

Victoria Netto, do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

A Hapvida e a Notre Dame Intermédica, em complemento ao Fato Relevante divulgado em 4 de janeiro de 2022, no qual comunicaram a decisão da Superintendência-Geral do Cade que aprovou a combinação de negócios entre as companhias sem restrições, informam, em comunicado enviado à Comissão de Valores Imobiliários (CVM), os próximos passos para o fechamento da operação.

A primeira fase compreende a incorporação da totalidade das ações da Intermédica pela HapvidaCo com a emissão, aos acionistas da primeira companhia, de 1 ação ordinária e 1 ação preferencial resgatável de emissão da HapvidaCo para cada ação da NotreDame incorporada.

A segunda etapa diz respeito ao resgate de ações preferenciais da HapvidaCo, com o pagamento, para cada 1 ação preferencial resgatável, de R$ 5,12601160179 (Parcela Caixa).

A parcela já considera o desconto dos Dividendos Extraordinários declarados pela NotreDame no valor total de R$ 1 bilhão (correspondente ao valor bruto de R$ 1,613026961 por ação), bem como a atualização pela variação do CDI sobre o valor total de R$ 4 bilhões a partir de 29 de março de 2021 até a presente data.

Por fim, ocorrerá a efetiva incorporação da HapvidaCo pela Hapvida, com a consequente extinção da HapvidaCo e sucessão, pela Hapvida, de todos os seus bens, direitos e obrigações.

Também ocorrerá a migração dos acionistas da NotreDame para a Hapvida por meio do recebimento de novas ações ordinárias da companhia, emitidas com base na Relação de Troca. Esta prevê que, para cada ação ordinária de emissão da NotreDame, os acionistas da companhia receberão 5,2436 ações ordinárias da Hapvida.

Fechamento

De acordo com as companhias, o fechamento da operação será feito a partir de atos interdependentes e vinculados em datas distintas.

Dessa forma, em 11 de fevereiro, ocorrerá o encerramento da negociação das ações da NotreDame Intermédica na B3. Em 14 de fevereiro haverá o início da negociação das Novas Ações Hapvida na B3. No dia 16 de fevereiro será efetivado o crédito das novas ações Hapvida nas contas de custódia dos acionistas da NotreDame.

Em seguida, no dia 29 de março, ocorrerá o pagamento pela NotreDame aos seus acionistas do valor correspondente aos dividendos extraordinários declarados pela companhia.

No mesmo dia, será realizado o pagamento pela HapvidaCo (ou sua sucessora) aos acionistas da NotreDame Intermédica do valor final correspondente à Parcela Caixa.

Mais Recentes da CNN