Black Friday do iFood: pratos a R$ 9,99, ofertas surpresa e frete grátis

O iFood quer aproveitar a Black Friday para catapultar a sua nova categoria, o delivery de supermercados, lançada em junho

iFood se prepara para a Black Friday: pratos a R$ 9,99 e ofertas surpresas
iFood se prepara para a Black Friday: pratos a R$ 9,99 e ofertas surpresas Foto: iFood/Divulgação

Ouvir notícia

A guerra dos aplicativos também está chegando ao seu prato do almoço (ou jantar). Os descontos prometem ser agressivos, especialmente no dia da Black Friday. O iFood promete pratos com até 70% de desconto, pratos a R$ 9,99 (ou seja, R$ 10) e ofertas surpresas que acontecem durante todo o dia no aplicativo.

Além disso, o iFood quer aproveitar a Black Friday para catapultar a sua nova categoria, o delivery de supermercados, lançada em junho deste ano, no auge da pandemia de coronavírus. A empresa brasileira anunciou frete grátis para compras acima de R$ 100 durante todo o mês de novembro e descontos de até R$ 25 para quem fizer a primeira compra.

Leia também:
Como surgiu a Black Friday, uma das datas mais aguardadas pelos consumidores?
Black Friday 2020: Veja dicas para evitar golpes e fraudes na internet

Com a nova categoria, o iFood soma mais 2.400 pontos de venda a sua lista de estabelecimentos cadastrados. Só no delivery de comida pronta, a empresa brasileira soma 236 mil pontos em mais de mil cidades do País. A opção Mercado atende, até o momento, 228 municípios.

As promoções incluem também cupons de desconto para compras de cervejas especiais, refrigerantes e produtos de limpeza. “As opções de mercado oferecem praticidade e conforto tanto para a compra de conveniência ou emergência como para as compras do mês”, destaca Felipe Pereira, diretor de marketing do iFood.

As ações promocionais visam aprofundar a penetração da marca em um segmento em acelerado crescimento – e que a empresa ainda está atrás de concorrentes, como a Rappi.

A Black Friday de 2019 rendeu ao iFood recorde de pedidos de entrega de pratos prontos, chegando à marca de 1,4 milhão em apenas um dia. Ao longo daquele mês, o número de entregas cresceu 116% em relação a novembro do ano anterior.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook

Mais Recentes da CNN