BoJ espera sistema financeiro robusto mesmo com eventual piora da pandemia

Banco central japonês avaliou que os lucros de instituições financeiras continuarão sob pressão por conta do ambiente de juro baixo

Instituição citou possível aumento nos custos de crédito como risco
Instituição citou possível aumento nos custos de crédito como risco REUTERS/Kim Kyung-Hoon

Estadão Conteúdo

Gabriel Caldeira, do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

O sistema financeiro do Japão deve permanecer “altamente robusto” mesmo com um eventual recrudescimento da pandemia de Covid-19 no país ou um ajuste nos mercados financeiros globais e economias emergentes devido a um aumento nas taxas de juros de longo prazo nos Estados Unidos, segundo avalia o Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês), com base em testes de estresse realizados pela entidade em outubro.

Em caso de ajuste brusco nos mercados internacionais, três riscos são apontadas como mais preocupantes pelo BoJ.

Primeiro, o BC japonês lista um possível aumento nos custos de crédito devido a um atraso na recuperação econômica doméstica e global.

A entidade destaca, porém, que os riscos de crédito de empréstimos no exterior estão “contidos em geral”, já que as economias como um todo se recuperam.

O segundo risco destacado pelo BoJ vem da deterioração da relação entre ganhos e perdas de investimentos em títulos, em especial das instituições financeiras com “maior grau de sobreposição com fundos de investimento”.

Por fim, o BC do Japão cita a “desestabilização do financiamento em moeda estrangeira devido ao estreitamento dos mercados de financiamento em moeda estrangeira”.

O BoJ ainda avalia que os lucros de instituições financeiras continuarão sob pressão por conta do ambiente de juro baixo, mesmo após o fim da pandemia de Covid-19.

Mais Recentes da CNN