Bolsas da Ásia fecham em alta, após avanços contra a Covid-19 na China

Em Xangai, número diário de novos casos da doença caiu para menos de 1.500, depois de atingir um pico de 26 mil em meados de abril

Bolsa de commodities de Dalian, onde futuros do minério de ferro são negociados na China
Bolsa de commodities de Dalian, onde futuros do minério de ferro são negociados na China Reuters

Sergio Caldas, do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

As bolsas da Ásia e do Pacífico fecharam majoritariamente em alta nesta quarta-feira (11), após relatos de avanços no combate à Covid-19 na China. Investidores também digeriram os últimos dados chineses de inflação.

Na China continental, o índice Xangai Composto subiu 0,75%, a 3.058,70 pontos, enquanto o menos abrangente Shenzhen Composto avançou 1,27%, a 1.918,52 pontos.

Em Xangai, que enfrenta o surto mais grave de Covid-19 no país, o número diário de novos casos da doença caiu para menos de 1.500, depois de atingir um pico de 26 mil em meados de abril. Apesar do progresso, a cidade reafirmou que seguirá implementando a política de “tolerância zero” contra a covid-19.

Já a taxa anual de inflação ao consumidor (CPI) da China acelerou de 1,5% em março para 2,1% em abril, superando as expectativas. A taxa anual da inflação ao produtor (PPI) chinês desacelerou no mesmo período, de 8,3% para 8%, mas também ficou acima do esperado.

Em outras partes da Ásia, o japonês Nikkei teve modesta alta de 0,18% em Tóquio hoje, a 26.213,64 pontos, e o Hang Seng se valorizou 0,97% em Hong Kong, a 19.824,57 pontos.

Em Seul, por outro lado, o sul-coreano Kospi caiu 0,17%, a 2.592,27 pontos, estendendo perdas para o sétimo pregão consecutivo, enquanto em Taiwan, o Taiex registrou queda de 0,35%, a 16.006,25 pontos.

Na região asiática, há expectativas também para os últimos números do CPI dos EUA, que serão divulgados na manhã desta quarta e têm forte influência na política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central americano). O Fed já elevou juros em duas ocasiões desde março e planeja mais aumentos nos próximos meses.

Na Oceania, a bolsa australiana ficou no azul, com alta de 0,19% do S&P/ASX 200 em Sydney, a 7.064,70 pontos.

Com informações da Dow Jones Newswires

Mais Recentes da CNN