Bolsas da Europa fecham em baixa com volume de negócios reduzido

Negociações de ações em vários países, incluindo Alemanha, Itália, Espanha, Suíça e Estados Unidos, não ocorreram devido à véspera de Natal

Índice pan-europeu STOXX 600 caiu 0,1%, para 483,01 pontos
Índice pan-europeu STOXX 600 caiu 0,1%, para 483,01 pontos Flavio Lo Scalzo/Reuters

Anisha Sircarda Reuters

Ouvir notícia

As bolsas de valores da Europa fecharam em baixa em meio ao volume reduzido de negócios nesta sexta-feira (24), véspera de Natal, após um recente rali nas ações globais diante de sinais de que a variante Ômicron do coronavírus pode não descarrilar a recuperação econômica global.

O índice pan-europeu STOXX 600 caiu 0,1%, para 483,01 pontos, em uma sessão de negociação reduzida antes do Natal. O índice de referência teve alta de 1,9% nesta semana.

O FTSE 100 de Londres fechou estável, enquanto o CAC 40 da França terminou em queda de 0,3%. As bolsas de valores em vários países, incluindo Alemanha, Itália, Espanha, Suíça e Estados Unidos estão fechadas nesta sexta-feira.

A maior parte dos mercados asiáticos ficou em alta, e o S&P 500 fechou com uma alta recorde na véspera com dados econômicos positivos e após alguns estudos sugerirem que Ômicron carrega um risco menor de hospitalização.

“O mercado europeu está se movendo de forma estreita… devido ao baixo volume de negócios por causa do fim de ano e também pelo medo de possíveis restrições e bloqueios”, disse Raed Alkhedr, analista chefe de mercado do Equiti Group.

A Itália na quinta-feira (23) apertou as restrições contra a Covid-19, incluindo a proibição de todas as celebrações públicas do Réveillon, já que as infecções diárias da Covid-19 atingiram um recorde.

O STOXX 600 chega ao período de festas de fim de ano sem grandes movimentações, depois de subir 21% até agora este ano.

Embora 2021 tenha sido marcado por políticas de acomodação e lucros corporativos positivos, os gargalos de fornecimento, as pressões inflacionárias e uma nova variante do coronavírus ameaçam o crescimento e a recuperação em 2022.

“O Papai Noel não está começando uma festa de final de ano nos mercados de ações, mas sim evocando uma ‘pausa do Papai Noel’, após o rali deste ano”, disse Vishnu Varathan, chefe de economia e estratégia do Banco Mizuho.

Mais Recentes da CNN