Bolsas dos EUA fecham em queda por temor de investidores sobre juros

Índice S&P 500 fechou em queda de 3,56%, a 4.146,87 pontos. O Dow Jones caiu 3,12%, a 32.997,97 pontos, enquanto o índice de tecnologia Nasdaq Composite recuou 4,99%, a 12.317,69 pontos

Placa em frente à Bolsa de Valores de Nova York sinaliza Wall Street
Placa em frente à Bolsa de Valores de Nova York sinaliza Wall Street 28/10/2013REUTERS/Carlo Allegri

David Frenchdo CNN Brasil Business

em São Paulo

Ouvir notícia

As ações dos Estados Unidos fecharam em forte queda nesta quinta-feira (5), em meio a uma ampla liquidação, enquanto o sentimento de investidores piorou por preocupações de que a elevação da taxa de juros pelo banco central dos EUA no dia anterior não seria suficiente para combater a inflação crescente.

O índice S&P 500 fechou em queda de 3,56%, a 4.146,87 pontos. O Dow Jones caiu 3,12%, a 32.997,97 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite recuou 4,99%, a 12.317,69 pontos.

Todos os três principais índices de Wall Street devolveram ganhos obtidos durante um rali de alívio na quarta-feira. O Nasdaq, focado em tecnologia, registrou seu maior declínio percentual diário desde junho de 2020 e sua menor pontuação de fechamento desde novembro de 2020.

O índice Dow Jones teve seu pior desempenho diário desde outubro de 2020.

“Investidores não estão olhando para os fundamentos (como balanços) no momento, e isso é mais uma questão de sentimento”, disse Megan Horneman, diretora de investimentos da Verdence Capital Advisors.

O Federal Reserve elevou a taxa de juros na quarta-feira em 0,50 ponto percentual, como esperado, e o chair do Fed, Jerome Powell, descartou explicitamente um aumento de 0,75 ponto percentual em uma próxima reunião.

Todos os 11 principais setores do S&P recuaram, e o índice de consumo discricionário liderou o declínio com uma queda de 5,8%. O índice foi arrastado por Etsy Inc e eBay Inc, com baixa de 16,8% e 11,7%, respectivamente, depois de ambas as empresas preverem que as receitas do segundo trimestre estariam abaixo das estimativas de Wall Street.

 

Mais Recentes da CNN