Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Boring Company, de Musk, diz que usuários poderão pagar carona com Dogecoin

    Esse é o exemplo mais recente de Musk promovendo a Dogecoin, a criptomoeda cujo valor caiu acentuadamente no ano passado

    Dogecoin começou como uma piada em 2013, apresentando um cachorro Shiba Inu que era um meme popular na Internet
    Dogecoin começou como uma piada em 2013, apresentando um cachorro Shiba Inu que era um meme popular na Internet Kanchanara/ Unsplash

    Matt McFarlanddo CNN Business

    em Washington

    Ouvir notícia

    A Boring Company lançou uma maneira de os clientes pagarem por viagens no Loop, seu sistema de trânsito de Las Vegas, com a criptomoeda Dogecoin.

    Loop consiste em passageiros viajando em veículos Tesla que são conduzidos por humanos a cerca de 56 km/h, uma versão significativamente reduzida da visão original do fundador Elon Musk de veículos de alta ocupação movendo-se a aproximadamente 240 km/h.

    A Boring Company já discutiu a possibilidade de automatizar a condução, e viagens em velocidades mais altas no futuro.

    A nova opção de pagamento surgiu na sexta-feira (1), quando a Boring Company abriu sua primeira estação Loop fora do Las Vegas Convention Center, que já tem três paradas.

    É também o exemplo mais recente de Musk promovendo a Dogecoin, a criptomoeda cujo valor caiu acentuadamente no ano passado.

    A Boring Company espera expandir para mais de 50 estações na Vegas Strip, incluindo cassinos, resorts e Allegiant Stadium, casa dos Las Vegas Raiders da NFL. Clarke County, Nevada, aprovou o plano de expansão no ano passado, que não usará dinheiro dos contribuintes.

    Atualmente, os passeios são gratuitos no Loop, com planos de cobrar eventualmente, embora a empresa não tenha divulgado um horário específico. Passeios individuais custarão US$ 1,50 e os passes diários podem ser adquiridos por US$ 2,50, de acordo com o site do Vegas Loop.

    Os passageiros poderão escanear um grande QR Code em uma parede na nova estação do Resorts World para comprar um bilhete. As pessoas que não desejam pagar com Dogecoin podem usar um cartão de crédito tradicional e dólares americanos.

    Dogecoin começou como uma piada em 2013, apresentando um cachorro Shiba Inu que era um meme popular na Internet.

    As criptomoedas tiveram muitos críticos, incluindo o co-criador do Dogecoin, Jackson Palmer, que deixou o espaço e disse que não retornará devido a preocupações sobre poderosos insiders de criptomoedas se tornarem ricos explorando o público.

    Dogecoin ganhou destaque quando Musk falou sobre isso nos últimos anos, inclusive no Saturday Night Live.

    Um único Dogecoin pode ser comprado por cerca de US$ 0,07, muito abaixo do pico de cerca de US$ 0,68 que atingiu no ano passado.

    A criptomoeda subiu cerca de 4000% em 2021, mas, como todas as criptomoedas, enfrentou declínios acentuados este ano. Caiu 70% nos últimos 12 meses.

    A Boring Company de Elon Musk abriu uma nova estação em Las Vegas no Resorts World/ Divulgação/ Resorts World Las Vegas

    A nova estação Loop no Resorts World não fará conexão subterrânea com as três paradas do Loop existentes no Centro de Convenções.

    As estações serão conectadas a outras paradas como Resorts World no futuro, pois o Loop é construído em Las Vegas, de acordo com Lori Nelson-Kraft, porta-voz da Las Vegas Convention and Visitors Authority.

    Os hóspedes do Resorts World podem viajar do resort para uma nova estação, Riviera, no Centro de Convenções.

    Se a viagem se conectar com as três paradas existentes do Centro de Convenções, eles passarão por um estacionamento e entrarão novamente nos túneis em uma parada do Centro de Convenções chamada West Station.

    A empresa planeja transportar cerca de 400 passageiros por hora do Resorts World, e o horário de funcionamento varia de acordo com a programação do Centro de Convenções.

    Os veículos Tesla não partem em um horário definido, como um ônibus ou trem típico. Até agora, os hóspedes tiveram que esperar apenas alguns minutos para um passeio, de acordo com a porta-voz da Resorts World, Dana Rutkin.

    Uma vez que um passageiro embarca em um Tesla no Resorts World, ele pode ter que esperar um pouco novamente. Atualmente, há apenas um túnel conectando o Resorts World ao campus do Centro de Convenções, então o tráfego fluirá em uma direção de cada vez.

    “Ainda é uma viagem muito rápida, mas será, ei, esses cinco carros vão nessa direção. Quando estiverem em segurança na estação de passageiros, ela mudará de direção”, disse Nelson-Kraft.

    A Boring Company escava túneis pequenos de uma pista, o que permite construir túneis a custos mais baixos. Alguns projetos de túneis podem custar até US$ 1 bilhão por milha. A Boring Company também está trabalhando em projetos na Flórida e no Texas.

    O CEO da Tesla e da SpaceX, Elon Musk, anunciou pela primeira vez em dezembro de 2016 que planejava comprar uma máquina de perfuração de túneis e “apenas começar a cavar” como forma de evitar o tráfego.

    Ele chamou o empreendimento de “The Boring Company” e cavou um túnel do lado de fora da sede da SpaceX na Califórnia.

    Las Vegas é o lar do primeiro sistema Loop da Boring Company, que argumenta ser um metrô melhor, pois os veículos não precisam parar fora de seu destino final.

    Os críticos argumentaram que o Loop usa túneis de forma ineficiente, pois os SUVs Tesla Model Y que estão sendo usados ​​não têm a capacidade de um ônibus ou trem.

    A Las Vegas Convention and Visitors Authority, que opera o Centro de Convenções, disse à CNN Business que o Loop transportou mais de 400 mil participantes e teve uma satisfação média de 4,9 de 5 estrelas.

    A Boring Company não respondeu a um pedido de comentário.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original

    Mais Recentes da CNN